fbpx
Ácido hialurônico como adjuvante à terapia periodontal cirúrgica e não cirúrgica: uma revisão sistemática e metanálise

Ácido hialurônico como adjuvante à terapia periodontal cirúrgica e não cirúrgica: uma revisão sistemática e metanálise

Compartilhar

Seleção de artigos científicos de destaque publicados em periódicos de circulação internacional. Paulo Rossetti (editor científico da revista) e Rafaela Videira (doutoranda em Clínica Odontológica/Periodontia – FOP/Unicamp) fizeram uma leitura crítica e comentada como proposta para ampliar nossos conhecimentos.

Eliezer M, Imber JC, Sculean A, Pandis N, Teich S. Hyaluronic acid as adjunctive to non-surgical and surgical periodontal therapy: a systematic review and meta-analysis. Clin Oral Investig 2019;23(9):3423-35.

Por que é interessante: avalia os potenciais efeitos clínicos do ácido hialurônico (AH) quando utilizado em conjunto com terapias periodontais cirúrgicas e não cirúrgicas.

Desenho experimental: busca sistemática no MEDLINE, Embase, Cochrane, Web of Science, Scopus e na literatura cinzenta, realizada de acordo com as diretrizes Prisma. A ferramenta de risco de viés Cochrane foi utilizada para avaliar a metodologia dos ensaios. Diferenças médias ponderadas e intervalos de confiança de 95% entre os grupos teste e controle foram estimados usando o modelo de efeito aleatório para a quantidade de sangramento a sondagem (SS), redução da profundidade de sondagem (PS) e ganho de nível de inserção clínica (NIC). A fim de minimizar o viés e executar metanálise, foram selecionados apenas estudos clínicos randomizados (ECR).

Os achados: 13 estudos clínicos randomizados foram incluídos, sendo 11 no tratamento periodontal não cirúrgico e dois no tratamento periodontal cirúrgico. A análise global da redução da PS, do ganho de NIC e da redução do SS na terapia não cirúrgica com AH apresentou diferenças médias ponderadas de 0,36 mm; 0,19 mm; e 0,73 mm, respectivamente, favorecendo a aplicação do AH. A análise global do ganho de NIC e da PS em cirurgias com ácido hialurônico adjuvante apresentou diferenças médias ponderadas de 0,89 mm para redução de PD e 0,85 mm para ganho de NIC após 6-24 meses, favorecendo o tratamento com AH.

Conclusão: os dados indicam que a aplicação tópica de ácido hialurônico pode gerar benefícios clínicos adicionais quando utilizado como um adjuvante à terapia periodontal não cirúrgica e cirúrgica. No entanto, devido ao alto risco de viés e heterogeneidade, há uma necessidade de novos ECR bem desenhados para avaliar este material em vários cenários clínicos.

Clique aqui e veja o artigo original.

Fechar Menu